Por que você deveria visitar Hamburgo?

Nem só de Berlim vive a Alemanha. Com sua atmosfera cosmopolita e bairros distintos, Hamburgo pode ser muito mais surpreendente do que você esperava!

Chamada pelos alemães de “die schönste Stadt der Welt” (cidade mais bonita do mundo) ou “Hamburg, meine Perle” (Hamburgo, minha pérola), Hamburgo não atendeu às minhas expectativas de início. Quando cheguei aqui, ouvi muito que iria me apaixonar pelo charme da cidade, mas tudo o que encontrei foi um clima sombrio e melancólico, uma distinta falta de WiFi, bem como uma grande ausência de comidinhas quentes para o almoço e intermináveis quarteirões monótonos de prédios de tijolinhos vermelhos. Mas como tudo nessa vida merece uma segunda chance, decidi ficar e lancei um desafio para mim mesma: descobrir o que essa cidade poderia me oferecer. Assim começou uma relação que já dura seis anos e não tem data para terminar.

Após todo esse tempo de idas e vindas a Hamburgo, eu criei minha própria versão de “Hamburg, meine Perle” e apresento a vocês algumas pérolas da cidade.

The Elbphilharmonie

elbphilarmonie-hamburgo

A mais nova revelação arquitetônica e cultural da cidade de Hamburgo é a Elbphilarmonie. A construção desse prédio causou um furor na Alemanha pelo alto custo e intermináveis obras, sendo motivo de chacota para a cidade. Inaugurada em janeiro de 2017, essa apoteótica sala de concertos oferece tours gratuitos pelo interior do prédio massivo. Se você planeja assistir a um concerto é melhor comprar o ingresso com bastante antecedência porque eles se esgotam rapidamente. Mas acima de tudo, esses ingressos são caríssimos (repito: CARÍSSIMOS) e dependendo do músico que vai se apresentar, os valores podem começar em 800€! Então se você não quiser dar um choque em sua conta bancária, optar pelo tour pode ser uma boa opção, e de brinde você tem uma das melhores vistas panorâmicas do porto da cidade.

Falando do porto... 

Landungsbrücken 

landungsbruecken-hamburgo

Durante sua estadia em Hamburgo é imprescindível visitar o porto da cidade. Desça na estação de metrô Landungsbrücken da linha U3 para conhecer um dos pontos turísticos mais famosos da cidade: o porto e seu cais flutuante. Do outro lado da rua é possível subir uma escadaria e de lá você tem uma vista panorâmica de toda a extensão do porto. Também é um ótimo local para assistir ao pôr ou ao nascer do sol. Durante a noite, o porto ganha cores magníficas por causa de suas luzes amareladas e muitas vezes está cercado por neblina, fazendo com que o cenário pareça algo que saiu de um filme de sci-fi (eu diria Blade Runner ou até mesmo o jogo BioShock). 

Alter Elbtunnel

alter-elbtunnel-hamburgo

De Landungsbrücken é possível andar rapidamente até o túnel mais antigo da cidade. Há mais de cem anos, os moradores de Hamburgo precisaram construir uma passagem sob o rio Elba por causa do constante crescimento da indústria marítima. Hoje em dia, esse túnel é considerado uma grande atração turística. Seu interior com extensão de quase meio quilômetro acolhe os passantes em sua atmosfera misteriosa e sinistra e se assemelha a uma viagem no tempo, porque quando você sair do outro lado, vai parecer que está numa cidade completamente diferente.

Krameramtsstuben

Krameramtsstuben-hamburgo

Para ser sincera, 10 minutos serão mais que suficientes para você apreciar essa pequena rua. Mesmo sendo curtinha, posso afirmar que sua ida a Hamburgo não seria completa se você não passasse por ela. Krameramsstuben está localizado nas proximidades da igreja St. Michaelis e ao chegar lá, vai parecer que foi transportado para uma cena de algum conto dos Irmãos Grimm. As casinhas datam do final do século XVII e foram construídas para as viúvas dos membros do Instituto dos Merceeiros. É uma pérola histórica escondida no meio de uma selva de modernos arranha-céus empresariais.

Teufelsbrücke

teufelsbruecke-hamburgo

Literalmente a ponte do diabo, está localizada entre a foz do riacho Flottbek e seu deságue no rio Elba. O nome vem de uma lenda antiga. No vau do riacho Flottbek era comum acontecerem acidentes com as carroças, porque suas rodas quebravam constantemente e de acordo com os habitantes da região, o grande culpado era o tal do diabo. Um carpinteiro foi designado para construir a ponte, mas ele fez um pacto com o diabo e prometeu a ele a alma da primeira criatura que cruzasse a ponte. No dia da inauguração, o diabo esperava inquietamente por sua vítima humana enquanto o prefeito da região e um padre discutiam sobre quem deveria cruzar a ponte primeiro. Enquanto isso, um pobre coelho acidentalmente atravessou para o outro lado e o diabo, naturalmente desapontado, desapareceu no rio.

KomponistenQuartier 

Hamburgo também é o lar de uma tradição musical muito forte. Diversos compositores famosos passaram uma parte de suas vidas ou nasceram aqui e o KomponistenQuartier (bairro dos compositores) é uma homenagem a eles. Composto por quatro museus (um para cada compositor: Brahms, Telemann, CPE Bach e Hasse) e mais dois planejados para o futuro (Fanny & Felix Mendelssohn e Gustav Mahler), o KomponistenQuartier é um pequeno bairro charmoso, localizado próximo da igreja St. Michaelis e definitivamente vale uma visita se você é fã de música erudita.

Sternschanze

Sternschanze-hamburgo

Inegavelmente, Hamburgo não é tão hipster como Berlim e sua atmosfera descontraída. Em Berlim, você pode passar dias saindo com seus amigos, indo a diferentes bares e cafés alternativos e tomando bebidas ecologicamente corretas. Mas em Hamburgo há um bairro singular que lembra um pouco esse clima hipster de Berlim e ele se chama Sternschanze. Sempre que você tiver vontade de comer comida grega, síria, turca, italiana, mexicana ou até mesmo alemã, esse é o lugar! E se você estiver procurando por brechós, lojas de vinil especializadas em um só tipo de música como rock ou reggae ou roupas de design mais modernoso, tudo você encontra em Sternschanze. Depois das compras, você pode tomar uma cerveja no die Katze, saborear os maravilhosos cheesecakes do Mamalicious ou simplesmente escolher um lugar dentre a infinidade de bares, restaurantes e cafés desse bairro alternativo. 

Reeperbahn

grosse-freiheit-hamburgo

E finalmente, a infame Reeperbahn é o lugar onde muitas festas acontecem. Com sua ampla diversidade de bares e baladas para todos os gostos, ela também está repleta de clubes eróticos e por essa razão tornou-se o local preferido das comemorações das despedidas de solteiros (dos noivos e das noivas). Tenha em mente que a Reeperbahn é tudo, menos bonita. Nela você se depara com a loucura de fim de semana dos alemães e dos turistas que parecem brotar do chão. Na rua mais famosa da Reeperbahn, a Große Freiheit, supreendemente é possível encontrar uma igreja. A lenda diz que depois de um longo tempo no mar, hordas de marinheiros chegavam a Hamburgo e desfrutavam dos estabelecimentos que a Reeperbahn tinha a oferecer. Depois de um longo período de bebedeira e depravação, eles iam à igreja para confessarem seus pecados antes de retornarem ao mar no dia seguinte (quem sabe para uma outra cidade onde começariam tudo de novo).

A cidade de Hamburgo também é palco de muitos tipos de apresentações alternativas, sejam elas musicais, fotográficas, teatrais. Mas isso fica para o próximo artigo. 

Sobre o autor

Mariana

Mariana é brasileira da terra da garoa. Apesar de já ter morado em diversos países, continua apaixonadíssima por São Paulo, mas nunca imaginou que encontraria em Hamburgo seu segundo lar. Viciada em games, deixa seu lado geek em casa para ir a shows de punk, hardcore e ska.

Para ver a cidade toda!

Metrô
Trem metropolitano
Ônibus
Você teria um mapa turístico?
Próxima estação