Morar no exterior

Como encontrar um emprego na Alemanha

A candidatura para oportunidades de trabalho no exterior pode ser trabalhosa, ainda mais porque as normas para currículo e cartas de apresentação podem ser diferentes.

Quando mudei para a Alemanha pela primeira vez, percebi que minha vida de estudante seria bem diferente de quando morava no Brasil. Uma das grandes diferenças era ter um emprego. A coisa mais óbvia a se fazer era apenas traduzir o meu currículo para o alemão, certo?

curriculo-cv

                                                                Errado!

Após algumas semanas, comecei a achar estranho que ninguém havia me retornado e achei que talvez minhas mensagens tivessem ido parar na pasta de spam e por isso resolvi reenviar os e-mails anteriores e também enviar mais outros para outras companhias. Ainda assim não recebi absolutamente nenhuma resposta. Mas o que eu estava fazendo de errado, então?

Se você tiver um amigo, colega de apartamento ou algum contato na Universidade, peça uma ajuda na hora de escrever sua candidatura. Se não... bom... seja esperto e aprenda com esses erros.

 

Indo ao cerne da questão: a carta de motivação

Escrever num idioma estrangeiro é bem trabalhoso se você não tem domínio da língua, então a opção mais óbvia é usar o tradutor do Google, claro. Conheço gente que o fez e por isso decidi colocar aqui o resultado:

Sehr geehrter Herr Schröder,

bitte finden meinen Lebenslauf in Bewerbung um den Posten beworben in der Hamburger Wochenblatt am vergangenen Freitag eingeschlossen.

Die Natur meines Studiums hat mich für diese Position. Dabei handelte es sich sehr viel unabhängiger Forschung erfordert Initiative, Selbstmotivation und ein breites Spektrum an Fähigkeiten.

Ich bin eine schnelle und genaue Schriftsteller, mit einem scharfen Auge für Detail und ich wäre sehr dankbar, für die Möglichkeit, Marktberichterstattung für den Fortschritt. Ich bin in der Lage, die Verantwortung dieser Position sofort zu nehmen und haben die Begeisterung und Entschlossenheit, um sicherzustellen, dass ich einen Erfolg daraus machen.

Vielen Dank für die Zeit nehmen, um diese Anwendung zu betrachten und ich freuen uns darauf, von Ihnen in naher Zukunft zu hören.

 Dein Autor

 

Para quem não fala alemão, isso meio que soa como:

 

Prezado Sr. Schröder,

Por favor encontre meu currículo na candidatura para a vaga anunciada no Hamburger Wochenabendblatt na sexta-feira passada incluída.

A natureza dos meus estudos me trouxe para essa posição. Deste modo era sobre pesquisa independente exigida iniciativa, automotivação e um largo espectro de habilidades.

Eu sou um escritor rápido e preciso, com um olho afiado para detalhes e ficaria muito grato, para a possibilidade, relatório de mercado para o progresso. Eu posso agora mesmo pegar a responsabilidade dessa posição e ter o entusiasmo e determinação para assegurar que farei um sucesso disso.

Muito obrigado por tomar tempo para considerar essa aplicação e me alegro em ouvir de você num futuro próximo.

Seu autor

 

Conteúdo bonito, mas completamente sem sentido linguístico, ou seja, inútil. Então lembra daquela dica dada acima sobre procurar alguém que fale muito bem alemão? Se realmente não conhecer uma viva alma que fale decentemente a língua, minha sugestão é mesmo pagar um tradutor. Afinal, é a sua carta de apresentação! Se ela não estiver boa, nem o seu currículo vão olhar. Falando em currículo...

 

Currículo: mostre a eles todo o seu potencial

super-business-man

 

Currículo em alemão se chama “Lebenslauf” e é uma palavra que você vai ver bastante por aí. Se quiser deixar uma boa impressão é aconselhável dividi-lo em partes:

1. Cabeçalho

Eu não escreveria “Lebenslauf” no cabeçalho, porque.... ah, que coisa mais óbvia! É claro que se você está aplicando para uma vaga, você vai enviar seu currículo. Os mais conservadores preferem escrever “Lebenslauf” no cabeçalho, já eu prefiro escrever o nome com letras grandes e as informações de contato logo abaixo, como e-mail e número de telefone. Falando em e-mail, lembre-se de que se você ainda usa aquele e-mail euamoRBD@hotmail.com criado pro Orkut ou pro MSN quando você tinha 14 anos, seria bom criar um novo, mais profissional.

2. Foto

Na Alemanha é bem comum colocar foto no currículo e para isso há diversos estúdios em que você pode tirar uma foto profissional de forma bem express. Não se esqueça de se vestir adequadamente.

3. Experiência profissional

Escreva tudo de forma cronológica, da experiência mais recente para a mais antiga. Então pegue uma caneta e risque tudo o que possa sugerir que você seja uma pessoa volátil (mais de dez empregos em um ano). Isso é especialmente útil para aqueles que tiveram uma grande variedade de empregos. Se estiver procurando por um emprego de tempo integral, livre-se dos de meio-período.

4. Educação

Tem gente que lista até a escola primária. Eu particularmente só coloco a universidade. Fica a seu critério.

5. Habilidades linguísticas

Você fala a língua inuíte fluentemente ou domina algum idioma africano? Essa é a sua hora! Só não esqueça de não exagerar muito, porque com certeza isso virá à tona durante a entrevista.

6. Habilidades específicas e interesses

A maioria das companhias não têm interesse e nem tempo para saber que você gosta de passar o domingo jogando DotA. Além do que você ainda pode acabar sendo mal visto pela habilidade que escolher colocar ali. A não ser que seja algo que possa tornar-se útil em seu trabalho, como design gráfico ou programação, simplesmente deixe em branco.

7. Certificados e referências

Não é necessário lista-los em seu currículo. Apenas tenha em mãos todos os seus certificados e referências, caso seja pedido. Geralmente é possível enviá-los por e-mail.

8. Data e assinatura

Algumas pessoas colocam data e assinatura no currículo. Eu não vejo razão disso, uma vez que as escrevo na carta de motivação.

 

Se quiser saber mais informações sobre o Lebenslauf, é possível encontrar outras dicas aqui (em inglês).

Sobre o autor

Mariana

Mariana é brasileira da terra da garoa. Apesar de já ter morado em diversos países, continua apaixonadíssima por São Paulo, mas nunca imaginou que encontraria em Hamburgo seu segundo lar. Viciada em games, deixa seu lado geek em casa para ir a shows de punk, hardcore e ska.

Para não ter que tocar "Legião" na praça

Carta de recomendação
Agência de emprego
Agentur für Arbeit
Anúncio de vaga
die Stellenausschreibung
Candidatura especulativa
die Initiativbewerbung
Abreviação de „Vitamin Beziehungen“, que significa algo parecido com Q.I. (quem indicou)
Vitamin B
Entraremos em contato

Comentários